Central de Atendimento: 0800.772.6995

CEMIRIM explica COSIP e apresenta resultados à Vereadores

CEMIRIM explica COSIP e apresenta resultados à Vereadores

Empresa explicou coincidência do aumento da tarifa com implantação da COSIP

Os vereadores Pedro Weel, Jacinta Heijden, Géza Árbocz e Sebastião Ribeiro (Tiãozinho) estiveram na última quarta-feira, dia 23, na sede da CEMIRIM (Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de Mogi Mirim) para obter informações sobre o consumo de energia relacionado à iluminação pública de Holambra. O objetivo foi colher dados que auxiliem na análise dos valores da COSIP (Contribuição de Serviço de Iluminação Pública). O presidente da CEMIRIM e ex-prefeito de Holambra, Antonio Marino Brandão de Almeida, e o assessor jurídico da Cooperativa, José Carlos, também participaram da reunião.
José Eduardo Quintana, gerente de distribuição, fez uma ampla apresentação onde demonstrou os resultados práticos dos investimentos realizados pela CEMIRIM e explicou o funcionamento do reajuste de tarifas.

Sempre em junho

Em junho, primeiro mês da cobrança da COSIP em Holambra, houve simultaneamente aumento da tarifa de energia, o que gerou críticas de que a empresa teria aproveitado a instituição da taxa para mascarar o aumento. Quintana explicou que a CEMIRIM anualmente reajusta os valores da tarifa sempre no mês de junho. A implantação da COSIP no mesmo mês teria sido apenas coincidência, já que a cooperativa não tem nenhuma relação com a instituição ou aplicação da contribuição.
O gerente afirmou que a última vez que a cooperativa promoveu reajuste de tarifa foi em 2009: pelos dados apresentados, naquele ano houve aumento de 19,9%. Em 2010, uma redução de 9% em média. Em 2013, nova redução, de 10%. Este ano o valor aplicado à tarifa foi de 15%, mas isso aconteceu porque, segundo Quintana, o reajuste foi repassado apenas em parte, o suficiente para manter a saúde financeira da cooperativa e garantir futuros investimentos. ‘A CEMIRIM compra a energia que distribui de grandes concessionárias, a maior parte da CPFL Paulista. Este ano a CPFL aumentou a energia em 24% e nós repassamos apenas 15%’, informou Quintana.

R$ 3 milhões por ano

De acordo com o gerente, a empresa vem investindo desde 2002 cerca de R$ 3 milhões por ano apenas em redes e linhas, o que tem se refletido na melhoria qualitativa do serviço. Um dos índices apresentados, o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora), apontou que em 2006 os usuários da CEMIRIM ficavam em média 26 horas por ano sem energia devido a interrupções. Com investimentos e aplicação de novas tecnologias houve decréscimo anual desse índice.
Em 2013 a quantidade de horas sem energia no ano foi de 10,7. A particularidade é que a maior parte da rede da CEMIRIM fica em área rural, o que dificulta o reestabelecimento de energia. Quintana informou também que a subestação de Holambra, inaugurada em 2003, está atingindo sua capacidade máxima de potência e tem previsão de um investimento de R$ 3,9 milhões para sua ampliação nos próximos anos.

Iluminação pública

Após a explanação, os vereadores fizeram questionamentos a respeito de problemas de iluminação em diversos pontos da cidade, como pouca potência da iluminação pública em determinados bairros e problemas em vias como Mario Bonano e Dálias. Géza Árbocz solicitou informações a respeito do consumo em logradouros públicos, localização de medidores e explicações a respeito de oscilações de consumo em determinados pontos. A preocupação é entender o funcionamento da rede para que o valor a ser coberto pela COSIP se restrinja de fato apenas à iluminação pública.
A CEMIRIM vem repassando informações ao Legislativo holambrense e comprometeu-se a encaminhar todos os dados que forem requisitados, garantindo um relacionamento transparente. O assessor jurídico da CEMIRIM, José Carlos, afirmou que há um desconhecimento geral sobre o funcionamento do setor elétrico e destacou a importância em qualificar o debate através de reuniões e troca de informações.
O presidente da cooperativa, Antonio Brandão, reiterou estar à disposição dos vereadores, assim como de consumidores e cooperados: ‘as portas da CEMIRIM estão sempre abertas, estamos aqui para fazer o melhor’.

Abaixo, consta um histórico dos principais indicadores de qualidade do fornecimento de energia:

Graficos_COSIP

Fonte: www.camaraholambra.com.br
Quinta-feira, 24 de Julho de 2014