Central de Atendimento: 0800.772.6995

Os resíduos da tecnologia

Os resíduos da tecnologia

O descarte de eletrodomésticos, eletrônicos, lâmpadas e baterias deve ser feito com critério, uma vez que estes artigos são compostos de partes que podem ser recicladas e substâncias tóxicas que, em aterros sanitários ou no meio ambiente, podem contaminar o solo e lençóis freáticos.

Independentemente do tipo ou do tamanho, o estrago que esses itens causam à natureza e ao homem vêm dos metais cádmio, chumbo e mercúrio. Quando entram em contato com o solo, a contaminação é certa e se estende às plantas e animais que vivem nesses locais. Para descartá-las envolva em um saco plástico, separando-o do lixo comum, e deposite em postos de coleta específicos.

Pilhas e Baterias
Independentemente do tipo ou do tamanho, o estrago que esses itens causam à natureza e ao homem vêm dos metais cádmio, chumbo e mercúrio. Quando entram em contato com o solo, a contaminação é certa e se estende às plantas e animais que vivem nesses locais. Para descartá-las envolva em um saco plástico, separando-o do lixo comum, e deposite em postos de coleta específicos.

Lâmpadas
Separar as fluorescentes num lixo à parte, elas contém mercúrio e podem contaminar o solo. Por isso, informe-se com o fabricante sobre onde há postos de coletas para elas. Já as lâmpadas incandescentes podem ser recicladas como vidro normal, mesmo quando quebradas.

Computadores e outros eletrônicos
Você pode doá-los para empresas e projetos que recuperam máquinas e repassam para escolas, creches, famílias carentes e instituições de caridade. Os materiais sem recuperação seguem para a reciclagem.